No PA, Polícia Federal cumpre mandados em investigação sobre auditor fiscal suspeito de receber propina

0
82

 

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagram nesta sexta-feira, dia 16 de abril de 2021, a OPERAÇÃO TUCUXI.

As investigações foram iniciadas por provocação da Corregedoria da Receita Federal, em razão da notícia de envolvimento de auditor fiscal em atos ilícitos, consistente no recebimento de vantagem indevida (propina) em razão da função pública.

Equipes da Polícia Federal estão cumprindo dois (02) mandados de busca e apreensão expedidos pela 4ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária no Estado do Pará, além de outras medidas como afastamento do cargo e sequestro de bens.

Caso as diligências em andamento confirmem a hipótese criminal, os envolvidos responderão por corrupção passiva (art. 317 do CP), crime contra a ordem tributária (art. 3º, II, da Lei 8.137/90) e lavagem de capitais (art. 1º, §1º, da Lei 9.613/98), que somados podem redundar em mais de 20 anos de prisão.

Matéria em atualização…

Fonte:  O Impacto e PF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui