Filho mata o pai a golpes de marreta e fica ao lado do corpo até a chegada da polícia

0
91

Uma briga por conta do sumiço de uma carteira porta-cédulas acabou em morte. Vítima e acusado são pai e filho. Os dois iniciaram uma discussão acalorada após Ademir Rodrigues Freschi, de 52 anos, questionar o desaparecimento do acessório e acusar o filho de tê-lo roubado.

O caso aconteceu na vila rural de Munhoz de Melo, próximo ao Distrito de Fernão Dias, no noroeste do Paraná, na noite de terça-feira (2). Segundo testemunhas, do bate-boca os dois acabaram partindo para a luta corporal e, inconformado com a acusação, Carlos Daniel Marques Freschi, de 21 anos, acabou atingindo o pai na cabeça com uma marreta.

Ao todo, foram seis golpes que causaram traumatismo craniano e levaram a vítima à morte. Após o crime, o jovem teria pedido para uma vizinha acionar a Polícia Militar e permanecido ao lado do corpo do pais até a chegada dos agentes de segurança. Quando os policiais chegaram ao local a vítima já estava sem vida. Carlos Daniel foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Santa Fé.

Fonte: ORM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui