Filha é acusada de encomendar a morte do próprio pai; um dos ajudantes do crime foi preso

0
125

Foi preso na tarde desta terça-feira (2) mais um acusado de se envolver no assassinato de Adinaldo Farias de Souza, de 44 anos. A filha do peixeiro já havia sido detida suspeita de ter arquitetado a morte do próprio pai. O crime ocorreu na noite do dia 22 de fevereiro, na rua Peixe Cavalo, do bairro do Tarumã, em Manaus.

Douglas V. foi detido e encaminhado para prestar depoimento na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Ele foi apontado de ter sido um dos rapazes a entrarem armados com facas na casa do homem com o objetivo de matá-lo.

A delegada Elizabeth de Paula, titular da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) informou que na noite do homicídio, a filha de Adinaldo, de 16 anos, teria deixado a porta aberta para que os criminosos entrassem na casa da família e praticassem a violência.

“A menor teria deixado a porta de casa aberta para que dois homens adentrassem a residência e praticassem o crime. Eles estavam portando facas e desferiram golpes enquanto a vítima estava dormindol”, detalhou a titular.

Os criminosos travaram uma luta corporal com o peixeiro, que acabou matando um dos homens, ao tentar se defender.  Douglas e os companheiros teriam conseguido fugir. Adinaldo acabou ficando em estado grave e morreu no hospital 28 de Agosto, dois dias depois do crime.

Segundo a delegada, já havia um desgaste por parte da adolescente com o pai em sua relação familiar. “A menina confirmou ter planejado o ato contra o pai. Contou que ele sempre foi bastante agressivo com ela, e que suas irmãs e sua mãe eram, frequentemente, agredidas pelo mesmo. E para tentar protegê-las, a adolescente teria feito o acordo com os dois homens”.

Os familiares de Adinaldo, estiveram na delegacia e acreditam, que o real motivo para o assassinato tenha sido dinheiro, por a vítima possuía muitos imóveis em seu nome e com a morte, os bens ficariam para a esposa e filhas.

Após investigações da polícia, os agentes prenderam a filha da vítima. O caso segue em apurados pelos agentes.

Finte: ORM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui