Com a disparada nos casos de covid-19, novas medidas preventivas serão anunciadas

0
70

Em live no começo desta noite de segunda-feira (1º), ao lado do secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, anunciou que ainda nesta terça-feira (2) serão anunciadas novas medidas preventivas à covid-19, a partir de contatos entre as prefeituras municipais da Região Metropolitana e o Governo do Estado. A capacidade de atendimento a pacientes na capital parense está bem perto de de esgotar, somado ao fato de que, somente em fevereiro, Belém registrou 203 mortes em decorrência da covid-19. A Prefeitura integrará, ainda, um consórcio municipal nacional para compra de vacinas, a ser formalizado no dia 22 deste mês, caso seja necessária essa alternativa diante da falta de imunizantes no País.

De novembro de 2020 até fevereiro de 2021, os casos confirmados de covid-19 aumentaram 40% em Belém, e a taxa de mortalidade subiu 120%. Foram 96 óbitos em novembro do ano passado. “Estamos chegando no nosso limite”, afirmou o prefeito Edmilson Rodrigues, relatando ter se reunido com o governador Helder Barbalho para repassar os números da covid-19 no município e a preocupação dos gestores municipais com a situação.

“Amanhã o governador irá a Brasília para conversar com o embaixador da Rússia, porque o objetivo do Consórcio de Secretários Estaduais de Saúde é a compra de alguns milhões de vacinas, e uma vacina que é aplicada em duas doses mas uma das mais baratas e das mais eficazes, a Sputnik 5, produzida por um laboratório russo. Então, a viagem do governador visa a compra da Sputinik que alcança quase 100%  de eficácia”, observou o prefeito. No retorno do governador, medidas preventivas serão anunciadas em conjunto.

Fonte: ORM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui