Corregedoria da Câmara notifica Flordelis sobre processo que pode levar à perda do mandato de parlamentar

0
142

Deputado paraense e corregedor da Câmara, Paulo Bengston, entregou pessoalmente a notificação à parlamentar e disse que a conversa foi “tranquila”

A Corregedoria da Câmara dos Deputados notificou nesta quarta-feira, 9, a deputada Flordelis (PSD-RJ) sobre o processo, em que responde por quebra de decoro parlamentar e que pode levar à perda do mandato. A parlamentar é acusada de ser mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo.

Flordelis recebeu a notificação em seu apartamento funcional, em Brasília, das mãos do corregedor, deputado Paulo Bengston (PTB-PA). Ele precisou ir até lá pessoalmente após a deputada não comparecer à sala da Corregedoria na Câmara, conforme havia sido combinado.

Em entrevista após ser notificada, Flordelis negou qualquer desencontro e disse que recebeu o corregedor em casa porque está trabalhando – e que, inclusive, participará da sessão plenária desta quarta.
“Eu quero o mais rápido possível poder provar minha inocência. Estou lutando para isso, eu estou em Brasília para provar minha inocência. Eu não tenho do que fugir, eu não tenho o que temer, eu não tenho do que me esconder”, afirmou.
Pelo regimento, a parlamentar terá cinco dias úteis para apresentar a sua defesa.
“Nessa conversa, ela contou a versão que cabe a ela. De forma muito tranquila, falamos sobre o processo, reafirmei a garantia de defesa, e assim foi. Uma conversa bem tranquila”, disse o deputado Paulo Bengston a jornalistas após fazer a notificação.
“Explicamos as datas que ela tem, tudo que vai acontecer daqui para frente a partir da notificação. Foi uma conversa de instrução”, completou ele.
Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui