DESRESPEITO E ABANDONO

0
62

Escolas da zona rural estão se deteriorando por falta de manutenção

A Prefeitura Municipal de Itaituba Sudoeste do Pará trata os nossos professores, escolas e principalmente futuro do nosso país os alunos “crianças e jovens”, com descaso. Com o ensino de faz de conta, e um futuro cada vez mais incerto. Mas, enquanto a educação sucumbe, o Município oferece para povo um futuro inculto e incauto.

Prova disto são algumas escolas da zona rural, que passa um estado caótico, o abandono é evidente em todas estruturas de pelo menos “6” seis unidades de ensino no interior do Município.

Escola Paraná Miri

Escola Fonte do Saber

Escola Juscelino Kubitschek

Escola Nova Esperança

Escola Princesa Isabel

Escola Jacundá

A infraestrutura escolar é imprescindível para garantir a aprendizagem dos alunos. As crianças e os jovens têm o direito de usufruir de todos os equipamentos, desde os itens básicos, como saneamento, até as estruturas mais complexas, como as salas de informática.

O poder público precisa ter clareza na lei de responsabilidade fiscal uma boa infraestrutura é essencial para a concretização do dever da escola. Assim, é necessário assegurar todos os equipamentos indispensáveis para que cada etapa possa alcançar seus objetivos no desenvolvimento dos alunos.

Vale observar que as escolas com as piores infraestruturas estão nos locais mais vulneráveis. Desse modo, a população que já não tem acesso aos mais diversos equipamentos culturais também não vai encontrá-los nas unidades de ensino da região, perpetuando, portanto, um ciclo de exclusão e desigualdade.

Sabemos que o progresso de um povo depende do sucesso da educação. Já a boa educação depende de bons mestres, e não só de bons salários vive um bom professor, ele precisa também de qualificação, de estímulos merecem respeito, dignidade, reconhecimento e infelizmente os professores não são valorizados, porque o que transparece que o poder público não se preocupa com o amanhã.

Por: Ramilso Santos – Jornalista MTE 000512/RR

Informações: Repórter André Farias

Fotos: Conselho do Fundeb

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui