Palmeiras e Corinthians farão a final do Campeonato Paulista de 2020

0
56

Deu o que era esperado. Palmeiras e Corinthians venceram os seus jogos neste domingo, ambos pelo placar mínimo, e decidirão o Campeonato Paulista na próxima semana. A última vez em que os dois se encontraram na final ocorreu foi em 2018, ano em que o Corinthians venceu a disputa nos pênaltis.

O Corinthians foi o primeiro a se classificar neste domingo. A partida contra o Mirassol corrou a recuperação da equipe, que estava muito perto da desclassificação após a retomada dos jogos, paralisados por causa da pandemia do novo coronavírus.

O jogo foi truncado e difícil para o Corinthians, mas o time foi beneficiado após a expulsão do meio campista Juninho, aos 14 minutos do segundo tempo, por causa de um pisão no tornozelo do lateral esquerdo Carlos.

Em um primeiro momento, o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo sequer tinha aplicado cartão amarelo na jogada. No entanto, o juiz foi chamado pela cabine do VAR e, após rever o lance, decidiu pela expulsão.

O Corinthians aproveitou e foi para cima do Mirassol. Aos 26 da etapa final, Ederson fez o gol que garantiu a classificação do time para a final. Foi o terceiro gol em três jogos consecutivos do volante, que chegou do Cruzeiro durante a pandemia. O Corinthians pode fazer história caso ganhe a final: será o primeiro time a vence quatro vezes seguidas o Paulistão.

 

Palmeiras vence Ponte Preta com gol desviado

O Palmeiras venceu a Ponte Preta em um jogo mais tranquilo, repleto de chances perdidas para o time alviverde. O grande destaque do primeiro tempo foi o jovem goleiro Ivan, da Ponte Preta, que fez pelo menos duas defesas difíceis.

O único momento em que Ivan foi batido ocorreu em um chute de Patrick de Paula, que desviou no zagueiro Wellington Carvalho e tirou a chance do goleiro fazer a defesa.

No segundo tempo, o Palmeiras também criou mais chances e teve até uma bola no travessão em chute forte do meia Gustavo Scarpa, de fora da área.

O Palmeiras volta a final depois de dois anos e tem a chance de se vingar da derrota na final para o seu arquirrival. A última vez que o time alviverde foi campeão paulista ocorreu em 2008, coincidentemente tinha o técnico Vanderlei Luxemburgo no seu banco de reservas.

As finais ocorrerão em dois jogos. O primeiro será realizado na Arena Corinthians na próxima quarta-feira, às 21h30. Como teve melhor campanha na fase de grupos, o Palmeiras poderá realizar o jogo decisivo no Allianz Parque no próximo sábado, às 16h30. Nenhum dos dois jogos terá torcida.

Fonte: CNN Brasil – Fotos: Alex Silva Estadão / Eduardo Carmim Agência O Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui