Operação prende chefe de facção que coordenou atentados no Ceará em 2019

0
173

Uma operação envolvendo as polícias de Sergipe e Ceará prendeu, na última quinta-feira, Francisco Marcilieudo Mesquita da Silva, 38, conhecido como “Dão”, um dos líderes da facção criminosa GDE (Guardiões do Estado).

Procurado há meses, ele foi detido na cidade de Itabaiana (SE), em um imóvel de luxo de um bairro nobre da cidade. Com dois mandados de prisão por crimes no Ceará, ele é investigado por suspeita de ser um dos coordenadores da onda de atentados criminosos no estado em 2019.

Dão Também é suspeito de ter participado de um plano frustrado para matar o secretário da Administração Penitenciária cearense, Mauro Albuquerque.

Segundo a polícia, no momento da prisão, “Dão” estava acompanhado por duas pessoas e portava documentos falsificados. A polícia descobriu que, em Sergipe, ele utilizava um nome falso. O chefe da facção foi transferido pela Polícia Civil do Ceará para Fortaleza e foi levado imediatamente para prestar depoimento na sede, no Complexo de Delegacias Especializadas.

“Dão” foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, associação criminosa, lesão corporal, resistência, desacato, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas. Os mandados judiciais contra ele são referentes, entretanto, apenas aos crimes de homicídio qualificado e organização criminosa. Pelo homicídio, “Dão” já foi condenado a cumprir pena de 24 anos de prisão.

Fonte: Uol