TRAGÉDIA

0
151

Jovem recebe descarga elétrica  ao encostar ferro de forma involuntária no fio de alta tensão

O trágico acidente aconteceu na manhã de sexta-feira (12) no Município de Itaituba Sudoeste do Pará, o pintor identificado como Carlos dos Santos Lobato de (22) anos, trabalhava pintando o beiral e um prédio na localizado na rodovia transamazônica em frente a 19ª Seccional de Policia Civil, quando em um momento de descuido o cabo do rolo de pintura teria encostado no fio de alta tensão .

O jovem após ser atingido pela descarga elétrica de alta tensão caiu de uma altura de aproximadamente 10 metros. Militares do Corpo de Bombeiros em uma ação rápida após a queda de Carlos iniciaram uma verdadeira ação de guerra para salvar a vida do jovem pintor.

Muitas pessoas assistiram desde o acidente, queda e atendimento, o transito na rodovia transamazônica ficaram alguns momentos congestionado, pois quem passava pelo local via a cena ficava curioso.

     

“Tivemos que recolher alguns materiais no Batalhão para trazer para o local, como se tratava de um prédio de uma altura considerável, alguns materiais foi necessário para nos auxiliar na subida e fazer o resgate da vitima, infelizmente algumas pessoas perdem a noção do perigo ao trabalhar próximo a fios de alta tensão agora fica o alerta para as pessoas que trabalham com pintura, que comunique a rede Celpa para que seja colocada a proteção no fio, para que o trabalhador trabalhe em segurança, infelizmente ao chegarmos aqui não tínhamos acesso de onde estava pendurado, ainda tentamos subir a escada até lá mas infelizmente não deu tempo, quando estávamos tirando a escada do carro ele caiu” Relatou o Sargento Lino do 7º GBM.

Apesar de ser atingido com a descarga elétrica e a queda Carlo sobreviveu e foi levado as pressas para o Hospital Municipal, ainda segundo o Corpo de Bombeiro possivelmente o jovem bateu a cabeça nos destroços de concreto na queda e também pode ter fraturado as costelas nos entanto, no trajeto até o HMI estava consciente e respondia aos estímulos.

Por: Ramilso Santos

Fotos: Produção Jornal Eldorado