Itaituba cresce economicamente e atrai grandes investimentos

0
241

Além do destaque na mineração, o setor industrial e a agropecuária são peças chaves para a região. O Porto de Miritituba recebe hoje 2 mil carretas por dia (Foto:| Agência Pará )

Considerada uma das cidades que têm apresentado um maior crescimento econômico nos últimos anos, Itaituba é um dos principais centros econômicos do oeste paraense. E o município encanta não só pelas paisagens naturais que se formam durante a época da seca, mas também chama atenção pela intensa atividade de mineração de ouro no Vale do Rio Tapajós, sendo conhecido como a “cidade pepita”.

Além do destaque na mineração, o setor industrial e a agropecuária são peças chaves para a região. E é por conta disso, que o uso do combustível é essencial para a localidade. No porto do vilarejo de Miritituba – pequeno distrito que pertence ao município de Itaituba -, com a vinda do transporte de grãos para a região, hoje movimenta mais de 2 mil carretas por dia. E é por conta desse giro econômico, que Itaituba vem se destacando e alavancando empresários há investirem no desenvolvimento da Transamazônica e Baixo Amazonas.
Os empresários Dorinaldo Moura e Ivan D’Almeida são uns dos entusiastas que vem investindo na cidade. O primeiro trabalha com revenda distribuição de combustíveis. O segundo é proprietário de uma empresa de aviação e possui uma empresa que explora ouro na região. Neste primeiro trimestre do ano, irão inaugurar um Auto Posto no KM 30, um investimento que envolve 190 mil metros quadrados de terra, 10 mil metros quadrados de área construída, um amplo estacionamento, além de churrascaria e restaurante, tudo sendo visado a atender os milhares de caminhoneiros que passam na região e que são os responsáveis pelo grande fluxo em Miritituba. 

 Dorinaldo Moura e Ivan D’Almeida acreditam no desenvolvimento socioeconômico da Região Oeste do Pará
Dorinaldo Moura e Ivan D’Almeida acreditam no desenvolvimento socioeconômico da Região Oeste do Pará

“Há 25 anos atuamos na região. Sempre acreditamos na cidade e sabemos que ela depende do combustível para a sobrevivência econômica. O garimpo é a nossa principal fonte de renda, além da pecuária e do transporte de grãos, e isso envolve muito consumo de combustível! Temos pontos de vendas em Santarém, Novo Progresso, Trairão, entre outras localidades, e cada uma foi importante para o crescimento do oeste paraense. Hoje, já estamos expandindo até para o Mato Grosso, onde iremos abrir uma distribuidora de petróleo e açaí”, ressalta o empresário Dorinaldo Moura, mais conhecido como Dadinho.

Mas, nem tudo são flores. Infelizmente Itaituba vem passando por problemas, principalmente na carência política e no descaso com a população, situações que tem sido obstáculos no desenvolvimento do município. “O abandono vem de longos anos. As pessoas que entram no poder só buscam o benefício próprio e ao invés de melhorar a cidade, deixam ela no ponto em que está. Isso nos deixa triste, pois o nosso objetivo é sempre investir no nosso lar e gerar oportunidades, já que o crescimento dela será favorável para todos”, analisa o empresário Ivan D’Almeida.

Por: DOL COM Agência Pará