Jovem morre após cigarro eletrônico explodir no seu rosto

0
532

Jovem morre após cigarro eletrônico explodir no seu rosto - Crédito: Divulgação

No dia 27 de janeiro, um jovem de 24 anos morreu no Texas após um cigarro eletrônico explodir em seu rosto. William Eric Brown usava o dispositivo dentro do carro quando o acidente aconteceu.

A vítima teve o lábio cortado por uma das peças que se soltou do cigarro eletrônico e se alojou em sua garganta. Ele ficou internado por dois dias antes de morrer. Segundo o boletim médico do Departamento de Medicina Legal do Condado de Tarrant, a peça causou um derrame ao danificar a artéria carótida da vítima, que fica no pescoço e fornece sangue para o cérebro, pescoço e rosto.

Ao perceber o acidente, funcionários de uma loja próxima ao estacionamento em que ele estava chamaram a ambulância. Segundo relatou a avó da vítima, Alice Brown, em entrevista ao jornal local Star-Telegram, o jovem havia acabado de comprar o cigarro em uma loja ao lado do estacionamento, mas a loja em questão negou que tenha vendido o dispositivo.

Em maio de 2018, um homem na Flórida também morreu depois de um acidente com cigarro eletrônico. Segundo informações da Reuters, Tallmadge D’Elia, de 38 anos, teve mais de 80% do corpo queimado depois que peças do cigarro que utilizava perfuraram seu lábio e atravessaram parte de seu crânio. A explosão causou um incêndio no quarto da vítima, onde seu corpo foi descoberto pelas autoridades.

Fonte: Roma News