Sebrae no Pará tem nova diretoria

0
239

Novos dirigentes e conselheiros assumem para o quadriênio 2019/2022.

Novo quadro de dirigentes e conselheiros do Sebrae no Pará para o quadriênio 2019-2022 (Cristino Martins / O Liberal)

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Pará (Sebrae) no Pará, deu posse, na noite de quinta-feira (3), aos novos dirigentes e conselheiros da instituição.

O empresário Rubens Magno, novo diretor-superintendente, ao lado de Fabrizio Guaglianone, diretor-técnico, e Cássia Alessandra da Costa Rodrigues, diretora administrativa e financeira, formam a nova diretoria executiva do Sebrae no Pará.

Rubens Magno, Sebastião Campos, Fabrizio Guaglianone e Cássia Costa (Luiz Bezerra)

Na ocasião, também foram empossados Sebastião de Oliveira Campos, presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE), Valmir Batista, reeleito à presidência do Conselho Fiscal da instituição, e membros do CDE e do Conselho Fiscal.

A cerimônia, realizada na sede da Federação do Comércio do Estado do Pará (Fecomércio/PA), contou com a presença de empresários, representantes de entidades e autoridades, entre elas o governador do Estado, Helder Barbalho.

Os novos dirigentes e membros dos conselhos assumem a gestão do Sebrae no Pará para o quadriênio 2019/2022, com o desafio de aperfeiçoar o trabalho da instituição – que atua nos 144 municípios do Estado – e continuar contribuindo com o desenvolvimento por meio do fortalecimento da geração de negócios nas micro e pequenas empresas.

“O Sebrae cuida dos pequenos negócios e, nosso papel, será dar continuidade a este processo, que foi muito bem executado pela gestão que estava em exercício. Foram gerados mais de R$ 800 milhões em negócios, e nosso objetivo é fazer muito mais. Tenho certeza que com o apoio do Governo do Estado, conseguiremos continuar gerando negócios e emprego”, destacou Rubens Magno.

O presidente do CED, Sebastião Campos, destacou a importância das empresas voltadas para o comércio e serviços na economia do Estado. “A geração de negócios precisa e deve ser aumentada e, para isso, vamos agregar nossa expertise na atividade comercial. Em um total de 100% das empresas abertas no Pará em 2018, 48% foram do comércio e 41% de serviço, totalizando 89%. Desta forma, passa a ser nosso compromisso colocar o Sebrae ainda mais perto dessas importantes atividades econômicas, sobretudo para a geração de emprego”, pontuou.

Fernando Yamada recebeu placa de homenagem pela sua atuação à frente do CDE nos últimos quatro anos (Luiz Bezerra)
(Luiz Bezerra)

O governador Helder Barbalho enfatizou a parceria do Governo junto ao Sebrae para fomentar e desenvolver a economia no Estado. “Temos absoluta intenção de fortalecer a relação com o Sebrae para a capacitação e qualificação para que novos negócios possam ser abertos e, assim, construirmos um ambiente de oportunidades para os que desejam ter o seu negócio, sua renda, e também promover a geração de empregos”, afirmou.

SEBRAE NO PARÁ

O Sebrae no Pará está presente em todo os 144 municípios do Estado, por meio de 12 agências regionais e 70 salas do empreendedor.

A instituição trabalha para estimular o empreendedorismo e possibilitar a competitividade e sustentabilidade dos empreendimentos de micro e pequeno porte, com soluções que atendem desde o empreendedor que deseja abrir seu primeiro negócio, até pequenas empresas que buscam um novo reposicionamento no mercado.

Os resultados da atuação do Sebrae no Pará são muito positivos na geração de negócios e na economia local. A densidade de pequenos negócios no Estado representa 41,84% das empresas na região Norte e 14% do PIB.

Além disso, de acordo com o diretor-técnico Fabrizio Guaglianone, quase 50% da mão de obra empregada é de micro e pequenas empresas, o que confirma a importância do setor na economia.

“Vamos fortalecer ainda mais o ambiente de negócios em parcerias com as prefeituras, Governo do Estado e instituições empresariais. Além, é claro, de levar o apoio técnico a esses empresários, fazendo uma gestão profissional, ética, e que favoreça a aplicação de recursos direcionados aos pequenos negócios”, anunciou Guaglianone, que foi sucedido por Rubens Magno no cargo de diretor-superintendente.

O diretor de Marketing do Grupo Liberal, Guarany Júnior, elogiou a atuação do Sebrae no Estado e enfatizou a parceria do Grupo com o Sebrae. “Temos uma parceria consolidada que, certamente, será ampliada na nova gestão”.

Para a diretora administrativa e financeira, Cássia Costa, uma das premissas da nova gestão é atuar de forma ética, transparente e com zelo. “Tenho certeza que o faremos com bastante eficácia. É uma diretoria jovem, dinâmica, que vai buscar melhorias, trazer inovações, sempre focada nos pequenos negócios e na geração de emprego. Queremos evoluir e fazer um Pará mais dinâmico, atual e que cresça”.

Fonte: OLiberal