Mais de 220 casos de HIV foram detectados no oeste do Pará em 2018

0
446

Em Santarém, por exemplo, só no mês de dezembro foram confirmados 10 casos por meio do teste rápido.

Ilustrativo

Testes rápidos realizados pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA/SAE), em Santarém, oeste do Pará, tanto em campanhas quanto na rotina da unidade, detectaram 227 casos de HIV ao longo do ano de 2018. Os pacientes com resultado positivo são de Santarém e outras cidades da região.

Segundo o CTA, somente na campanha Dezembro Vermelho, foram confirmados por meio de teste rápido, 10 novos casos de HIV em Santarém. Durante a ação que ocorreu no Belocentro, escolas e outras instituições, também foram detectados dois casos de Hepatite B, nove de Hepatite C e 69 casos de Sífilis.

“Dos casos de DST’s descobertos durante a campanha Dezembro Vermelho em Santarém, 70% dos pacientes positivos são homens. Houve um aumento de casos de HIV de 3,5% no oeste do Pará em relação a 2017”, informou a bióloga Ana Lúcia Ferreira, coordenadora do CTA.

Ana Lúcia ressaltou que as pessoas que têm vida sexual ativa precisam se conscientizar de que é indispensável o uso do preservativo nas relações sexuais. Segundo ela, os casos de DST’s diagnosticados estão sendo acompanhados pelo CTA. “Toda pessoa que é detectada com HIV, Hepatite ou Sífilis, nós referenciamos para o Centro de Saúde do bairro onde a pessoa mora. Se for de outro município, ela já trata no município dela”, explicou.

Fonte: G1 Santarém