Mais Médicos: Pará ainda tem 243 vagas disponíveis

0
460

De 308 vagas disponíveis no Estado, apenas 65 foram ocupadas.

Das 308 vagas disponíveis no Pará na última chamada do edital do Mais Médicos para os profissionais com registro no Brasil, apenas 65 foram ocupadas. As outras 243, que representam 78,9% do total, seguem em aberto, segundo o balanço do Ministério da Saúde divulgado ontem (26), após o encerramento desta etapa de seleção na última sexta-feira (21).

As vagas abertas no Pará representam mais de um quarto (28,8%) do total disponibilizado em todo o País. O balanço da pasta de saúde aponta que, inicialmente, são 842 postos abertos em 287 municípios e 26 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI)  não ocupadas na segunda seleção para os profissionais que possuem registro (CRM) no Brasil. De acordo com os dados divulgados ontem, 1.707 profissionais escolheram localidades.

Prorrogação

Esses postos deverão ser preenchidos por médicos formados fora do País que já enviaram a documentação para participar do Mais Médicos. Na tarde de ontem, o Ministério também anunciou a prorrogação do prazo para escolha de vagas para esses profissionais.

Agora, os brasileiros graduados no exterior têm os dias 23 e 24 de janeiro para selecionarem os municípios de alocação pelo site do programa. Nos dias 30 e 31 de janeiro, os médicos estrangeiros terão acesso ao sistema para optarem pelas localidades em aberto.

Ao todo, 10.205 profissionais brasileiros e estrangeiros com habilitação para exercício da medicina no exterior (sem registro no Brasil) completaram a inscrição no Mais Médicos. As documentações ainda estão em análise. A publicação da validação dos médicos brasileiros aptos à escolha de municípios está prevista para ser divulgada no dia 22 de janeiro. Posteriormente, no dia 29 sairá o resultado dos médicos estrangeiros que terão a mesma oportunidade, conforme o novo cronograma.

Os médicos com registro no Brasil inscritos na segunda chamada devem se apresentar aos municípios entre os dias 7 e 10 de janeiro. Os profissionais que decidirem não comparecer mais as atividades devem informar ao município alocado, que comunicará a desistência ao Ministério da Saúde. Os candidatos que desistirem dos postos terão as vagas colocadas de volta ao edital do Mais Médicos e o sistema será atualizado com as vagas disponíveis para os profissionais formados no exterior.

Confira o cronograma das próximas etapas:

De 07/01 a 10/01 – Apresentação nos municípios dos médicos com registro no Brasil

De 23/01 a 24/01 – Médicos brasileiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis

De 30/01 a 31/01 – Médicos estrangeiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis

Fonte: OLiberal