BRF afirma que recuperação da empresa vai levar pelo menos dois anos

0
323

Companhia está preocupada com possível dano às exportações com transferência de embaixada brasileira em Israel para Jerusalém.

Os investidores não verão os resultados da mudança na BRF SA, maior exportadora de aves do mundo, no curto prazo, disse o presidente-executivo da companhia, Pedro Parente, na segunda-feira (12).

“Realisticamente, isso não acontecerá em menos de dois anos”, disse Parente em uma entrevista em Nova York, acrescentando que um de seus maiores desafios como CEO é gerenciar as expectativas dos investidores.

Parente deixou seu cargo de presidente-executivo da estatal Petrobraspara elaborar e implementar um plano de recuperação na BRF depois escândalos de corrupção e de segurança alimentar corroeram as vendas da empresa.

Em abril, Parente foi nomeado presidente do conselho de administração da empresa, antes de assumir o papel adicional de presidente-executivo. Ele deve deixar o cargo executivo em meados de 2019 e ser substituído pelo vice-presidente de Operações, Lorival Luz.