Prefeito Valmir Climaco fala pela primeira vez sobre a agressão sofrida em Itaituba

0
460

“Em momento algum eu toquei nele” disse o prefeito em parte da entrevista dada ao jornal Focalizando.

Valmir Climaco, prefeito de Itaituba, falou pela primeira vez sobre a agressão sofrida na última quinta-feira (1) durante discussão com funcionário de empresa disk entulho da cidade. Ele está atualmente internado no hospital da Unimed, em Santarém, se recuperando da cirurgia realizada no braço direito. Ao repórter Ivan Araújo, da TV Tapajoara, Valmir contou a sua versão do caso.

Valmir falou detalhes sobre sua abordagem e diálogo com o acusado. “Eu cheguei e disse para o rapaz que ele não podia jogar o lixo naquele local e que era pra ele jogar em um espaço destinado a isso, logo atrás. Ele disse que não, que o patrão dele pediu pra ele descarregar alí. Eu liguei para o patrão dele, e o mesmo disse que não tinha mandado ele jogar o entulho naquele local, ele pediu pra passar o telefone pro funcionário e o rapaz se negou a atender, o patrão ouviu tudo, ele é testemunha da conversa.” Afirmou Valmir

Ele segue dizendo que, ainda por ligação, pediu para o dono da empresa ir até o local, e mesmo assim o rapaz seguia despejando o entulho sem a autorização. “Quando terminei de falar com o patrão dele sai para o carro, dei as costas, ele também tava de costa. Depois eu só ouvi a pancada por trás.” disse

Valmir reconheceu que houve intensa discussão, “houve alteração de ambas as partes.” Ressaltou

Durante a entrevista Ivan questionou se ele agrediu o rapaz. “Em momento algum eu toquei nele, quando eu cai e me virei ele ficou batendo em cima da minha mão, por isso quebrou meu braço. Eu ainda consegui tomar o pau dele, quando reparei ele já estava correndo para a rodovia. Eu entrei no carro e fui pra minha casa.” Afirmou

Sobre seu estado de saúde, Valmir falou  que vai levar cerca de 2 meses para se recuperar. “Espero me recuperar o mais rápido possível para voltar a trabalhar e cuidar da cidade.”

Ao fim da entrevista o prefeito ressaltou a luta pela limpeza da cidade. “A gente fica até envergonhado quando passa nessas estradas e ver a quantidade de lixo jogado por moradores, apesar de toda campanha de conscientização que a gente faz.” Finalizou

Mais sobre o caso

A agressão ao prefeito aconteceu nas proximidades de sua residência/fazenda, no km 07 da rodovia. O agressor Deone Silva Nascimento, de 35 anos, se entregou a polícia poucas horas após o crime.

Em entrevista após a prisão, Deone disse que agiu em legítima defesa após levar dois tapas de Valmir, um na costela e outro na cara. “Se eu não fizesse eu ia apanhar demais na mão dele, eu não sei o que ele tinha, tava transtornado alí.” Disse

Após dar sua versão do ocorrido, Deone falou sobre suas origens na cidade. “Nasci e me criei em Itaituba, não tenho passagem pela polícia, tenho meus pais, minha mãe, tô construindo minha casa. É a palavra dele contra a minha, eu sou um simples trabalhador que há mais de 20 anos trabalha de motorista. Nunca passei por isso.” Finalizou

Após ser preso em flagrante, Deone passou por audiência de custódia, no presídio de Itaituba, e em seguida foi liberado, de acordo com a direção da unidade prisional.

Fonte: Portal Giro