Motorista que atropelou estudante em Itaituba se apresenta na delegacia

0
455

Jovem de 21 anos se apresentou na manhã desta segunda-feira (15) e prestou depoimento ao delegado de plantão.

Bicicleta que era utilizada pela vítima ficou completamente destruída.

Na manhã desta segunda-feira (15), por volta das 11h, como já era previsto, o jovem Charles Miller Cruz dos Santos, de 21 anos, acusado de atropelar o ciclista Jhonatan Santos Oliveira, de 22 anos, se apresentou na delegacia de polícia, juntamente com seu advogado, para prestar depoimento sobre o caso.

De acordo com o que foi apurado, em depoimento charles disse que no momento do acidente estava chovendo e a visibilidade estava muito ruim, por este motivo não viu o ciclista e acabou colidindo. Ele teria dito ainda que no dia seguinte seu advogado procurou a família para se solidarizar e se colocar a disposição para ajudar no tratamento de saúde da vítima.

Charles negou estar embriagado no momento do acidente, também disse que parou para tentar prestar socorro a vítima mas teria sofrido tentativa de agressão por populares, por este motivo fugiu do local. Outra afirmação do jovem foi de que acionou o SAMU para informar sobre o acidente. Sobre a velocidade informou que estava em média de 70 km/h.

O advogado de Charles não permitiu que o mesmo concedesse entrevista à imprensa, muito menos que fosse filmado durante a sua apresentação.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Conrado, o jovem responderá por Lesão corporal, omissão de socorro e perigo de danos.

A versão dos amigos da vítima

Os amigos da vítima negaram vários pontos do depoimento de Charles, o primeiro foi sobre a chuva, que, segundo eles, não chovia no momento do acidente. Outro ponto de destaque é a velocidade do veículo, o repórter Manolo, outra vítima do condutor, disse que o veículo estava muito acima da velocidade informada.

Mais um ponto das alegações, também contestadas pelos amigos da vítima, é de que o acusado não parado para tentar socorrer a vítima, que o mesmo fugiu rapidamente.

Veículo foi encontrado no pátio da COMTRI.

O acidente

O acidente aconteceu na noite da última quarta-feira (10) na rodovia transamazônica, em Itaituba. O jovem Jhonatan Santos Oliveira, voltava do IFPA em sua bicicleta quando foi atingido por um carro modelo fiat strada adventure de cor branca ano e modelo 2015.

O veículo só foi encontrado no dia seguinte, quinta-feira (11), após denúncia anônima à polícia que informou que o mesmo havia sido coberto por uma lona no pátio da Coordenadoria Municipal de Trânsito (COMTRI).

O jornalista Manolo Chagas, da rede TV, também foi vítima do mesmo carro, segundos após o acidente com o ciclista. A Strada colidiu na lateral do veículo da emissora e deixou estragos.

Carro de emissora também atingido pelo veículo.

Manolo disse que chegou a perseguir o veículo, porém, devido a alta velocidade, não conseguiu alcança-lo. Ele também disse que a bicicleta da vítima foi arrastada pelo carro até a travessa São José, na trigésima primeira rua do bairro Santo Antônio.

Saúde de Jhonatan

honatan foi encaminhado para o Hospital Municipal de Santarém (HMS) na última sexta-feira (12) onde estava aguardando vaga em um dos leitos. A mãe dele, dona Rosilma Santos, disse que o ortopedista informou que ele passará por uma cirurgia devido a grave fratura na perna (tíbia e fíbia). Ela disse ainda que o médico destacou que uma das principais preocupações é com a coluna do jovem, que sofreu forte pancada, por isso pediu mais exames.

Fonte: Portal Giro