Incêndio destrói 22 casas na Vila da Barca

0
473

Vinte e seis famílias perderam tudo o que possuíam. Uma pessoa se feriu.

“Minha casa pegou fogo. Perdi tudo, tudo, tudo. Não sei como vou fazer. Deus é que sabe”, disse, ontem pela manhã, a costureira Elizabeth Pereira Barroso, de 74 anos. Ela morava na Vila da Barca, no Telégrafo, onde um incêndio de grandes proporções destruiu 22 casas e deixou 87 pessoas desabrigadas. Nessas residências, moravam 26 famílias. Uma pessoa teve queimaduras de primeiro grau, foi atendida e está fora de perigo. A causa do incêndio, que começou por volta da meia-noite e foi debelado na madrugada de ontem, será apontada em laudo do Corpo de Bombeiros, que ficará pronto dentro de aproximadamente 20 dias.
Na Vila da Barca, considerado o maior bairro sobre palafitas da América Latina, deveria ter sido instalado um projeto habitacional com verbas federais que permanece inconcluso há mais de uma década, informou o Ministério Público Federal. A maioria das casas destruídas era de alvenaria e madeira. O fogo reduziu tudo a cinzas.

Fonte: ORM