Salvo pelo SUS, Bolsonaro não pretende aumentar recursos para o sistema

0
297

Constatação está em análise feita por pesquisadores da USP, UFRJ e Fiocruz.

“Se um dia você sofrer um acidente grave, um tiro ou uma facada e tiver condições de falar, peça para te levarem ao Hospital das Clínicas. Não importa que o seu convênio dê direito ao Sírio e ao Einstein. No hospital público estarão os profissionais mais experientes para cuidar desses casos porque fazem isso o tempo todo.”

Na última quinta (6), tão logo soube da facada da qual foi vítima o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), lembrei-me dessa recomendação feita anos atrás por um médico amigo, quando me mudei para São Paulo.