Jovens de Novo Progresso e da região oeste do Pará são premiados por bom desempenho na OBMEP

0
374

Dois Jovens alunos de escolas municipais de Novo Progresso receberam premiação nesta sexta-feira (31) em Santarém. Ao todo, 20 alunos de escolas da região receberam medalhas na sexta-feira (31), no Instituto Federal do Pará (IFPA), em Santarém.

A Olimpíada objetiva incentivar o interesse dos alunos pela matemática e o envolvimento de pais e professores

Os dois representantes premiados [estudantes progressenses] um é da Escola João Carlos Batista e outro frequenta a escola Cleo Bernardes de Alvorada da Amazônia, as escolas são públicas.

Pais e professores estiveram presentes para prestigiar o resultado do esforço e dedicação dos alunos pela matemática (Foto: Reprodução/TV Tapajós)

Vinte alunos de escolas de Santarém e outras cidades do oeste do Pará, receberam na sexta-feira (31) medalhas por terem se destacado na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) em 2017. As premiações ocorreram no Instituto Federal do Pará (IFPA) em Santarém.

Pais e professores estiveram presentes para prestigiar o resultado do esforço e dedicação dos alunos pela matemática. Bianca Abreu, a primeira a receber medalha de prata, comentou sobre o ganho. “Eu sempre gostei muito da matemática e ganhar esse prêmio é muito gratificante pra mim porque mostra que o meu esforço valeu a pena”, disse.

Os pais de Bianca são professores de matemática e estavam orgulhosos pela filha seguir o mesmo caminho. “Em casa nós vivemos a matemática, a maioria dos nossos livros são livros de matemática, apesar de não estudarmos com ela, nós incentivamos, mostramos que somente através do estudo, do avanço, da ciência você consegue vencer”, afirmou o pai, Carlos Guimarães.
A ganhadora da medalha de bronze Bianca Corrêa estava animada por ter recebido a premiação pela terceira vez consecutiva. “É uma gratificação porque se sair bem em uma prova que o Brasil todo participa é uma coisa muito importante”, ressaltou.

A Olimpíada do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), é realizada com estudantes de escolas públicas e particulares do Brasil, com o objetivo de estimular o estudo da matemática pelos alunos, revelar talentos na área e incentivar pais e professores a se envolverem nos estudos dos filhos.

Em 2017, estudantes de 800 escolas da região oeste do Pará participaram da prova.

Por:Redação Jornal Folha do Progresso com informações do G1 Santarém, PA