Internauta denuncia ‘descaso’ do SAMU de Santarém com paciente de Itaituba

0
385

Paciente saiu em coma de Itaituba e após chegar em Santarém, já sem oxigênio, teve que esperar cerca de uma hora até a chegada da ambulância.

No último domingo (26), um internauta usou as redes sociais para manifestar a sua indignação com o ‘descaso’ do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) de Santarém após a chegada de um paciente encaminhado por TFD de Itaituba. O desabafo foi compartilhado por centenas de pessoas. Veja:

Segundo apurou o Giro, com funcionários do Hospital Municipal de Itaituba (HMI), o paciente, Geová do Nascimento  Gomes, deu entrada na unidade por volta das 18h do último sábado (25), após cair de um telhado. Ele foi diagnosticado com Traumatismo Craniano Encefálico (TCE) grave, o mesmo entrou em coma profundo. Seu encaminhamento para Santarém aconteceu por volta das 11h do domingo (26), chegando ao destino as 12h.

Ainda segundo informações apuradas, o SAMU havia sido acionado antes da do paciente de Itaituba, há cerca de uma hora antes. Após o pouso na pista do Pena, em Santarém, dentro do horário previsto (as 12h), não havia nenhuma ambulância no local para fazer o encaminhamento até o hospital municipal.

A situação piorou quando o oxigênio do paciente acabou, sendo preciso utilizar um respirador manual (Ambu) até a chegada da ambulância.

O Giro foi informado de que a ambulância só chegou na pista por volta das 13h, uma hora depois do horário combinado (12h), o que provocou revolta, principalmente devido a gravidade do paciente. A pista fica localizada a 17 km da sede do município.

Fonte: Portal Giro