Ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan morre aos 80

0
411

Ele cumpriu dois mandatos como secretário-geral de 1º de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2006.

Kofi Annan, um dos diplomatas mais célebres do mundo e um símbolo da Organização das Nações Unidas morreu na madrugada deste sábado (18). Ele tinha 80 anos.

A morte de Annan foi confirmada em um tweet pela fundação que leva o nome dele. De acordo com o anúncio, o primeiro negro a se tornar secretário-geral da ONU morreu em um hospital na cidade de Berna, na Suíça, depois de uma curta doença não especificada.

“Com imensa tristeza a família Annan e a Fundação Kofi Annan anunciam que Kofi Annan, ex-secretário geral das Nações Unidas e prêmio Nobel da Paz, morreu de forma pacífica neste sábado, 18 de agosto, depois de uma curta doença”, informou o comunicado.

Annan, de nacionalidade ganesa, passou praticamente toda a sua carreira como administrador nas Nações Unidas. Ele cumpriu dois mandatos como secretário-geral de 1º de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2006.

Em 2001, ele e a ONU receberam conjuntamente o Prêmio Nobel da Paz em 2001.

Durante seu mandato, Annan presidiu alguns dos piores fracassos e escândalos no âmbito mundial, um de seus períodos mais turbulentos desde a sua fundação em 1945.

REUTERS , AFP e ASSOCIATED PRESS