Empresas da área portuária estão causando prejuízos em Itaituba

0
312

Os últimos dias os vereadores de Itaituba vem sendo bombardeados com informações sobre empresas que estão se instalando na cidade e não estariam cumprindo com compromisso assumidos, com fornecedores e funcionários. O caso mais importante é o ITACIMPASA, a empresa fez vários acordos inclusive intermediados pelos vereadores de Itaituba, não teria comprido nem um deles.
O caso mais recende agora envolve empresas da área portuária, mais precisamente na Comunidade de Nova Vida as margens do rio Tapajós. No local estaria sendo construído um terminal de combustíveis, um consorcio de multinacionais, a empresa responsável pela construção contratou uma firma local para executar a obra. O contrato seria no valor de mais de três milhões e meio de reais, sendo que a empresa nunca recebeu o valor combinado. O resultado disso é um rombo no comercio local, de mais de um milhões e meio de reais. Os veadores foram até o local da obra que esta parado, com isso os vereadores querem convocar na câmara, os secretários de Meio Ambiente de Itaituba e do Estado para pedir a suspensão das licenças ambientais, para forçar que esta empresas cumpram com suas obrigações com seus credores e funcionários.

De acordo com o vereador Luiz Fernando Sadec dos Santos pelo menos cinco empresas se instalaram em Itaituba, sem audiência publica, sem o conhecimento da câmara e vem causando prejuízos no comercio local. Por isso a convocação dos secretários, com isso os vereadores querem que condicionantes como a comprimento da lei que obriga a contratação de pelo menos 70% da Mão de Obra local seja comprida, isso como o compromisso das empresas em manter suas obrigações contratuais.

Fonte: Queiroz Filho