Marido chamava advogada morta no Paraná por apelidos humilhantes, diz MP.

0
392

Marido chamava advogada morta no Paraná por apelidos humilhantes, diz MP. (Foto: Reprodução/Facebook)

A denúncia apresentada na última segunda-feira (6) contra Luís Felipe Manvailer, acusado de matar a esposa Tatiane Spitzner, no Paraná, aponta que ele usava várias formas de violência para humilhá-la. Até mesmo insultos contra a cor da pele dela eram feitos.

Na denúncia consta que Manvailer, apelidava Tatiane de “bosta albina” para depreciá-la.

A destruição das roupas da mulher era outro recurso usado contra a mulher.

Os promotores acusam que a vítima sofreu violência familiar, doméstica, moral e patrimonial nas mãos do marido.

LEIA MAIS:

Veja o depoimento de Luís Manvallier, acusado de jogar a mulher da sacada de prédio

Fonte: UOL