Justiça afasta prefeito de Curionópolis por desvio de dinheiro público

0
61

O Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA) determinou nesta segunda-feira, 16, o afastamento por 180 dias de Adonei Souza Aguiar (Democratas) do cargo de prefeito de Curionópolis, no sudeste paraense. Ele está sendo acusado de integrar um esquema criminoso que desviou recursos públicos e fraudou um processo licitatório estimado em R$ 2,6 milhões.
Os desembargadores analisaram nesta segunda-feira a denúncia criminal oferecida ao TJPA pelo procurador-geral de Justiça do Pará, Gilberto Martins, contra Adonei Aguiar e outros servidores da Prefeitura Municipal de Curionópolis suspeitos de participar da fraude.
O crime teria sido praticado em 2017, e consistia em “montar” um processo licitatório para beneficiar a empresa WMP Serviços e Construções, empresa de fachada que recebeu R$ 262,8 mil da prefeitura para prestar serviços de manutenção e recuperação da estrutura física dos prédios municipais, mas não realizou as obras.
Além de afastar Adonei Aguiar da prefeitura, os desembargadores também acolheram outro pedido do procurador-geral e determinaram a indisponibilidade de bens do prefeito no limite de R$ 262,8 mil, valor correspondente ao dinheiro público desviado pelos envolvidos, como forma de recompor os cofres do município.
Fonte: MPPA