Só vendo pra crer: Novo chefe no PA diz que Ibama vai parar de queimar máquinas de garimpo ilegal

0
114

Destruição de maquinário passou a ser melhor regulamentada e aplicada a partir de 2008

A destruição é autorizada pela legislação ambiental por duas razões principais: a dificuldade de rebocar os equipamentos apreendidos e a possibilidade de ações armadas para resgatar os veículos, como já ocorreu na Amazônia.

Na audiência em Altamira, Nabhan também atacou a destruição de equipamentos e anunciou que o governo vai se mobilizar para alterar a legislação em vigor. Ele culpou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) pela existência da lei.

Outro participante da reunião foi o senador Zequinha Marinho (PSC-PA). Ele disse que a maioria dos fiscais do Ibama é de”esquerdistas que odeiam” Bolsonaro. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), criou uma comissão permanente de deputados e senadores para discutir mudanças climáticas.

Leia mais:Bloqueio de rodovia entra no primeiro dia com fila de 40 km na BR 163 em Moraes Almeida (PA)

O senador afirmou que há pessoas sendo”humilhadas” no seu estado.”A humilhação é uma das piores coisas que a gente pode viver. O presidente da República tem recomendado ao Ibama, ao Exército e ao ICMBio que se evite fazer esse tipo de coisa. Lamentavelmente isso não tem ocorrido, há um decreto que permite —não manda, não determina, mas permite— a inutilização do bem. Mas a maioria desses fiscais que andam pelo interior são esquerdistas e odeiam o presidente Bolsonaro. Por isso nós estamos pedindo audiência com o presidente, vamos conversar pessoalmente para levar a [inaudível]. A humilhação que temos passados todos nós, porque quando vocês [plateia] passam, todos nós passamos. Providências serão tomadas e gente será responsabilizada por aquilo que faz”, ameaçou o senador.
O município de Altamira é o campeão, em números absolutos, de queimadas na região amazônica, segundo dados do Inpe, com 3.037 focos de incêndio de 1 de janeiro até 8 de setembro.
Consulte Mais informação: Folha de S.Paulo

Fonte Folha de S.Paulo