Cúpula do PSDB pressiona Aécio Neves a se afastar da legenda

0
964

Após virar réu na justiça federal de São Paulo, acusado pelo Ministério Público Federal de corrupção e obstrução à justiça, o deputado federal Aécio Neves (PSDB) poderá se afastar da legenda. A cúpula do partido pretende que ele se licencie até agosto.

O partido já estuda a possibilidade de até de expulsar o mineiro, que desistiu de concorrer à reeleição para senador, após as denuncias de corrupção tomarem grandes dimensões. Neves acabou concorrendo e se elegendo deputado federal nas eleições de 2018.

O comando tucano tem a expectativa de que o deputado se antecipe e se afaste do partido, uma forma de evitar a sua expulsão. O ex-deputado  federal de Pernambuco e ex-ministro Bruno Araújo, se articula para repaginar a imagem da legenda tucana, que tem entre seus caciques o governador de São Paulo, João Doria.

Doria nega publicamente, mas já se articula internamente e fora do ninho tucano para concorrer à Presidência da República, em 2022 e trabalha para afastar políticos investigados do partido, uma forma de tentar blindar a legenda.

Fonte: G1