Cidades brasileiras têm transporte público parcialmente parado e protestos nesta sexta-feira

0
324

Mobilização foi convocada contra cortes na educação e a reforma da Previdência. Por volta de 7h20, ao menos 12 estados e o DF foram afetados.

Passageiro lê informe da greve fixado na estação Pinheiros do Metrô em SP — Foto: Marina Pinhoni/G1

Passageiro lê informe da greve fixado na estação Pinheiros do Metrô em SP — Foto: Marina Pinhoni/G1

No início da manhã, os efeitos da paralisação eram sentidos nas grandes cidades principalmente no transporte público e com o fechamento de vias. Somente parte das linhas de ônibus, trem e metrô funcionavam em capitais como São Paulo, João Pessoa, Curitiba e Salvador. No Rio, protestos bloquearam vias da cidade.

São Paulo

Usuários na entrada da estação Tucuruvi do Metrô de SP — Foto: Tatiana Santiago/G1

Usuários na entrada da estação Tucuruvi do Metrô de SP — Foto: Tatiana Santiago/G1

Na capital paulista, quatro linhas do metrô tinham operação parcial por volta de 6h. A circulação de ônibus e trens ocorria normalmente. Houve bloqueio com protesto na Avenida do Estado, que liga São Paulo às cidades do ABC Paulista, em Santo André.

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, 6h20: grupo fecha a Avenida Brasil, em frente ao Into, no Caju — Foto: Reprodução/TV Globo

Rio de Janeiro, 6h20: grupo fecha a Avenida Brasil, em frente ao Into, no Caju — Foto: Reprodução/TV Globo

No Rio, o transporte público, incluindo ônibus, trens, metrô e barcas, funcionava normalmente no início da manhã. No entanto, ao menos três pontos da cidade foram tomados por protestos e ruas foram parcialmente fechadas. Uma das vias que teve bloqueio é a Avenida Brasil, uma das principais da capital. Em Campos, no Norte Fluminense, um ato bloqueava os dois sentidos da BR-101, no Km 76, por volta das 5h30.

Distrito Federal
Rodoviária do Plano Piloto na manhã desta sexta-feira (14) — Foto: TV Globo/Reprodução

Rodoviária do Plano Piloto na manhã desta sexta-feira (14) — Foto: TV Globo/Reprodução

Bahia

Ponto de ônibus vazio na região do Shopping Bela Vista, em Salvador — Foto: Phael Fernandes/ G1

Ponto de ônibus vazio na região do Shopping Bela Vista, em Salvador — Foto: Phael Fernandes/ G1

Em Salvador, ônibus e trens não circulavam no início da manhã, mas o metrô seguia funcionando.

Minas Gerais

Estação do metrô está fechada no bairro Eldorado, em Contagem, na Grande BH. — Foto: Alex Araújo/G1

Estação do metrô está fechada no bairro Eldorado, em Contagem, na Grande BH. — Foto: Alex Araújo/G1

Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, protestos afetavam a circulação do metrô e o trânsito. Estações de metrô amanheceram fechadas.

Paraná

Garagem de empresa de ônibus de Curitiba está fechada na manhã desta sexta-feira (14) — Foto: Tarcísio Silveira/RPC

Garagem de empresa de ônibus de Curitiba está fechada na manhã desta sexta-feira (14) — Foto: Tarcísio Silveira/RPC

Santa Catarina

Pneus são incendiados em Florianópolis — Foto: Reprodução/NSC TV

Pneus são incendiados em Florianópolis — Foto: Reprodução/NSC TV

Em Florianópolis, o trânsito ficou comprometido com pontos bloqueados por barricadas e fogo. Até as 6h, Florianópolis e Blumenau estavam com os serviços de transporte público interrompidos.

Rio Grande do Norte

Em Natal, no início da manhã, a saída de uma garagem de ônibus ficou bloqueada, e os coletivos não saíam.

Rio Grande do Sul

Fogo foi colocado em trilho da Trensurb em Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre — Foto: Divulgação/BM

Fogo foi colocado em trilho da Trensurb em Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre — Foto: Divulgação/BM

Os ônibus funcionavam parcialmente em cidades do Rio Grande do Sulno início da manhã. Os trens, no entanto, amanheceram paralisados na Região Metropolitana de Porto Alegre — manifestantes obstruíram trechos dos trilhos. Na capital gaúcha, as garagens da empresa Presidente Vargas e Gasômetro ficaram bloqueadas até as 6h30, mas em seguida as linhas de transporte coletivo passaram a operar. Também houve manifestantes na garagem da principal empresa de transporte de passageiros de Rio Grande.

Ponto de ônibus lotado em Maceió na manhã desta sexta-feira — Foto: Heliana Gonçalves/TV Gazeta

Ponto de ônibus lotado em Maceió na manhã desta sexta-feira — Foto: Heliana Gonçalves/TV Gazeta

Em Maceió, rodoviários atrasaram em 2 horas a saída dos ônibus, mas acataram a decisão judicial de manter 70% da frota funcionando.

Paraíba

Bloqueio é feito por manifestantes na subida da ladeira do bairro de Oitizeiro, em João Pessoa — Foto: Walter Paparazzo/G1

Bloqueio é feito por manifestantes na subida da ladeira do bairro de Oitizeiro, em João Pessoa — Foto: Walter Paparazzo/G1

Em João Pessoa, protestos bloqueavam vias e garagens de ônibus no início da manhã. Em Campina Grande, funcionários de uma empresa de telemarketing foram impedidos de entrar.

Sergipe

Em Sergipe, trabalhadores de várias categorias decidiram paralisar e manifestantes se concentraram em algumas garagens do transporte coletivo de Aracaju.

Maranhão

Em São Luís, rodoviários do transporte coletivo paralisaram as atividades desde as 4h. Integrantes de sindicatos foram às portas das garagens das empresas para impedir a saída dos ônibus.

Fonte: G1