Ameaçado de morte, sindicalista rural é assassinado a tiros no interior do Pará

0
210

Carlos Cabral Pereira, 58, era presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Rio Maria (STTR) e da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras (CTB) do Pará.

O líder sindicalista Carlos Cabral Pereira, 58, sudeste do Pará, foi morto atingido por três tiros nesta terça-feira (11).

A vítima estava em uma moto a caminho de casa quando foi abordada por dois homens que estavam em outra motocicleta, segundo a Polícia. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Rio Maria, mas não resistiu aos ferimentos.

Carlos Pereira era presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Rio Maria (STTR) e da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras (CTB) do Pará.

De acordo com o delegado Carlos Silva, o sindicalista sofria ameaças de morte. Equipes da Delegacia de Rio Maria e da Delegacia de Conflitos Agrários de Redenção iniciaram buscas para tentar prender os responsáveis pelo crime.

Em nota, o Diretório Municipal de Belém do Partido dos Trabalhadores (PT) disse que se solidariza com a família do sindicalista e exigiu o imediato esclarecimento do crime.